BOLETIM CORONAVÍRUS, 24/04/2020 – ATUALIZADO ÀS 19h30


24 de abril de 2020 - 19:30 | Imprimir

A Secretaria Municipal de Saúde de Teixeira de Freitas informa, nesta sexta-feira (24), uma movimentação atípica no Boletim Oficial. Houve baixa em um paciente atestado como positivo para COVID-19. Este caso havia sido notificado por meio de teste rápido em laboratório particular, todavia, por ter sido considerado um caso com especificidades, houve a recomendação para refazimento e, ao ser analisado pelo LACEN-BA, o primeiro resultado não foi validado. Ao todo, no dia, foram três novos registros negativos. Também houve novas coletas, já enviadas para análise.

Quando há coleta de material e envio para o LACEN-BA de Salvador, o tempo de espera do resultado tem sido de, no máximo, 72 horas. Os últimos resultados foram ainda mais rápidos, por conta dos “testes rápidos” que chegaram ao município, tanto para rede pública, quanto privada. São, somente, os resultados obtidos pelo LACEN-BA, os que integram o boletim estadual. Em nome da prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde recomenda: fique em casa.

O boletim oficial do município incluiu no seu registro os casos positivos atestados na rede particular por teste rápido. Os números atuais são de: 16 confirmados, sendo que 14 estão recuperados. Sete casos positivos são resultantes de atendimentos da rede privada. São 83 descartados, 14 casos suspeitos em acompanhamento pelo município, aguardando resultado. Totalizando 113 casos notificados.

Declaração de Transmissão Comunitária

Em Teixeira de Freitas, a vigilância epidemiológica declarou, nesta sexta-feira (24), o reconhecimento da transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19) em todo o município. Isso significa que Teixeira de Freitas precisa se unir nos cuidados, prevenção e enfrentamento.

Em termos práticos, a declaração é um comando para que todos os setores municipais adotem e/ou intensifiquem medidas para promover o distanciamento social e evitar aglomerações, conhecidas como medidas não farmacológicas, ou seja, que não envolvem o uso de medicamentos ou vacinas.

A transmissão comunitária ou sustentada é aquela quando não é possível rastrear qual a origem da infecção, indicando que o vírus circula entre pessoas que não viajaram, nem mesmo tiveram contato com quem esteve no exterior.

Caso Grave

A Secretaria Municipal de Saúde declara que há no município um caso com a forma grave da doença. O paciente encontra-se em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Prefeitura de Teixeira de Freitas