Secretaria de Educação promove semana de ‘papo reto’ com alunos da rede municipal


27 de maio de 2019 - 12:19 | Imprimir

Entre os dias 20 e 24 de maio aconteceu a semana de papo reto nas escolas municipais, com o apoio do Instituto PAPO RETO. A ação aconteceu em parceria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Núcleo de Apoio Disciplinar a Escolar e o Impacto Radical.

“A proposta foi feita pelo grupo Impacto Radical, tendo como interlocutor o Subtenente do Corpo de Bombeiros da Bahia, Jamildo Vilas Boas, e foi recebida pela Secretaria de Educação e muito bem acolhida pelas escolas da rede. A ideia proposta, um Papo Reto sobre drogas e violência, foi trazida pelo palestrante Marcelo Duarte, que, em sua didática, trouxe exemplos de vida e conselhos para o convívio familiar. O que impactou a meninada do ensino fundamental II (5º ao 9º ano) e que desejamos replicar pelas escolas tendo em vista a boa aceitação do público”, comentou o coordenador do NADE, Marcílio Soares.

Com uma linguagem jovem e atual, a palestra tenta em sua abordagem refazer sonhos e resgatar princípios e valores muitas vezes negligenciados na sociedade atual como comenta Marcelo Duarte, palestrante e representante do instituto. “O PAPO RETO tem como alvo o resgate de princípios e valores da sociedade, como o respeito e honra aos pais, em jovens e adolescentes. Nossa ideia é fazer com que os alunos percebam a importância de suas famílias, cheguem em casa e abracem seus pais, e peçam desculpa pelos erros, que valorizem a escola e os professores e percebam que o mundo das drogas só traz desgraças”.

Joice Pereira, 6ª ano C, da Escola Municipal São Lourenço, é quem conta o impacto da palestra. “Ele me impactou muito e até me emocionei. Ele explicou tudo, e eu entendi que devemos amar mais nossos pais, dando a eles mais valor entendendo que são eles (nossos pais), os verdadeiros amigos. Gostei demais da palestra”.

A semana foi levado à estudantes de 5º ao 9º ano do ensino fundamental das escolas municipais Amigos de Aracruz, São Geraldo, Gilberto Cardoso, Geni Guerra, Gessé Inácio, João Mendonça, São Lourenço e Clélia das Graça.