7ª Conferência Municipal de Saúde discute o fortalecimento do SUS em Teixeira de Freitas


15 de abril de 2019 - 11:37 | Imprimir

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação/Financiamento do SUS”, a 7ª Conferência Municipal de Saúde, aconteceu nesta sexta-feira (12) e sábado (13), no auditório da Faculdade Pitágoras.

Durante a abertura, foi proferida a palestra “Democracia e Saúde: Saúde como Direito e Consolidação e Financiamento do SUS”, pelo secretário municipal de Saúde, Fabiano Marily, que abordou a importância do fortalecimento do Sistema Único de Saúde.

Para o secretário de saúde de Teixeira de Freitas, Fabiano Marily, discutir saúde é discutir democracia. “Precisamos pensar em saúde não somente na lógica da doença e do atendimento. Precisamos pensar em todas as políticas sociais que envolvem a saúde e bem- estar da população. E tudo isso precisa ser feito com muito planejamento e participação social”, destacou o secretário.

No sábado (13), o momento foi de apresentação dos eixos temáticos, apreciação e votação das propostas elaboradas e eleição dos delegados, que representarão a cidade nas conferências Estadual e Federal. O evento foi uma grande oportunidade para os teixeirenses contribuírem com propostas que podem melhorar a política de saúde do município.
Para os organizadores da conferência, Conselho Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde, foi muito importante a participação dos usuários, dos profissionais de saúde, acadêmicos, dirigentes de instituições e da sociedade em geral.

O fortalecimento do controle social é uma das ferramentas na luta de defesa do SUS. “O SUS é democrático e este momento de debate, para elaborar propostas, é fundamental para que nós tenhamos os oito delegados eleitos: usuários, gestores, e trabalhadores de saúde”, disse o representante do Conselho Municipal de Saúde, Ailton Vieira.

Durante a conferência, os participantes foram distribuídos em grupos para que pudessem discutir propostas nos três eixos temáticos da conferência:
1- Saúde como Direito
2- Consolidação dos Princípios do SUS
3- Financiamento Adequado e Suficiente para o SUS.