Primeiro caso de gripe H1N1 é confirmado em Teixeira de Freitas


14 de maio de 2019 - 11:24 | Imprimir
Foto: Arquivo

Em Teixeira de Freitas foram notificados dois casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave – SRAG, um deles foi confirmado para H1N1. Até o momento nenhum óbito foi registrado, mas a gripe causada pelo vírus Influenza pode levar a complicações e até mesmo a morte. Na Bahia, até o momento, foram notificados este ano 287 casos de SRAG, com 11 óbitos, sendo 2 por H1N1.
Segundo a coordenadora da VIEP, Rosidalva Barreto, a principal forma de proteção é a vacinação anual contra Influenza disponível para os grupos de maior risco: crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes, puérperas, trabalhadores da Saúde, diabéticos, idosos, professores e policiais, de forma gratuita nas Unidades de Saúde.
“Nós estamos em campanha de vacinação desde o dia 10 de abril, porém, até o momento, apenas 50% do público-alvo da campanha foi imunizado. Precisamos que as pessoas do público-alvo se encaminhem, até o dia 31 de maio, às unidades de básicas de saúde para receber a dose da vacina.” explicou Rosidalva.

Transmissão
A forma mais comum de transmissão é a direta (pessoa a pessoa), por meio de gotículas de saliva expelidas ao falar, ao tossir e espirrar e também pelo contato (indireto), por meio das secreções de pessoas doentes. Sendo as mãos um dos principais veículos de transmissão.
Prevenção
Além da vacinação existem ações simples para diminuir a circulação dos vírus da gripe, tais como:
• Frequente lavagem e higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento e após tossir e espirrar.
• Evitar tocar a face com as mãos e proteger a tosse e o espirro com lenço descartável.
• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca.
• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.
• Manter os ambientes bem ventilados.
• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza.
• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados).
• Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.