Descentralização das oficinas de Cultura é aprovada pelas famílias das crianças e jovens de Teixeira de Freitas


6 de agosto de 2018 - 11:42 | Imprimir

Foram dezenas de apresentações de dança, teatro, música e arte por crianças e jovens que se apresentaram na Mostra Cultural. Encantamento que só foi possível graças ao empenho da equipe da Casa da Cultura através do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, que atua nas oficinas realizadas na sede e em diversos bairros de Teixeira de Freitas.

O Diretor do Departamento da Cultura, Dermival Pires, explicou que a descentralização das oficinas possibilita que a cultura chegue a mais crianças e jovens. “Temos buscado aumentar o número de oficinas e proporcionar a cultura através da chegada a mais bairros do nosso município, e isso só tem sido possível graças ao empenho do Prefeito Temóteo Brito, do nosso Secretário Hermon Freitas e de nossa equipe”.

As oficinas são realizadas Bairro Nova América, Bairro Jerusalém, Bairro Castelinho, Bairro Bela Vista, Bairro Liberdade, Bairro Luiz Eduardo, Bairro Ouro Verde, Bairro Ulisses Guimarães, Bairro Redenção, Centro e a expectativa é de chegar a mais bairros e neste ano atingir o número de mais de 2300 crianças e adolescentes nas oficinas.

Para os pais desses participantes da Casa da Cultura foi um orgulho assistir as apresentações da Mostra Cultural e de saber que os filhos tem a oportunidade de participar de um projeto tão transformador. A comerciante, Mara da Hora, que falou com emoção do trabalho da Casa da Cultura. “Tenho dois filhos que participam das oficinas e eles aprendem música, dança, cultura e valores. É emocionante acompanhar eles no palco, não sei descrever o orgulho”.

O mesmo que pensa Glacio Araújo, que mora em Teixeira de Freitas a poucos meses, mas já admira o trabalho realizado pela Casa da Cultura. “Este é um evento muito importante de Teixeira de Freitas e acho que a população precisa dá uma atenção ainda maior e prestigiar este trabalho realizado pela Casa da Cultura”.